o único momento real...

Sifnos, um passeio ao berço da democracia, a ilha dos sabores na Grécia, refugio dos senadores

By ReiNasc

Postado em | Tags : , , , , , , , , , ,

Hot Spot: Sifnos, a ilha dos sabores na Grécia

A Grécia é cercada por inúmeras ilhas incríveis e que brincam com a imaginação das pessoas.

Porém, essas ilhas do norte do Mediterrâneo são tão diferentes uma das outras que é sempre bom conhecê-las melhor antes de definir qual será o destino, para não acabar em uma ilha de pura badalação, como Mykonos, quando o que se procurava era tranquilidade.

A palavra democracia tem sua origem na Grécia Antiga (demo=povo e kracia=governo). Este sistema de governo foi desenvolvido em Atenas (uma das principais cidades da Grécia Antiga). Embora tenha sido o berço da democracia, nem todos podiam participar nesta cidade. Mulheres, estrangeiros, escravos e crianças não participavam das decisões políticas da cidade. Portanto, esta forma antiga de democracia era bem limitada.

O criador da democracia ateniense foi Clístenes. Ele aprofundou as reformas sociais e introduziu o regime democrático, cujo princípio básico dizia que todos os cidadãos têm o mesmo direito perante as leis. Clístenes buscou neutralizar as forças conservadoras aristocráticas, criando mecanismos de preservação da ordem democrática (a legislação de banimento e ostracismo). Entretanto, na democracia ateniense apenas os eupátridas (10% da população) eram considerados cidadãos. Conseqüentemente, o restante da população (90%) não tinham direitos políticos, sendo excluídos da vida democrática. Quase todos os cargos públicos eram exercidos em meio expediente. Como vários cidadãos tinham propriedades agrícolas ou oficinas, dispunham assim de tempo livre quando precisassem.

Sifnos

Este sistema de governo só funciona porque a população acreditava que governar o Estado era tão importante quanto as suas atividades privadas. A população menosprezava quem não manifestasse interesse pelos assuntos de Estado. Qualquer indivíduo podia ser conselheiro, juiz ou funcionário público pelo menos uma vez. E mesmo que não fizesse parte do governo, o ateniense participava dele através da Assembléia. Quem de fato governava o Estado era a Assembléia, onde todos os cidadãos se reuniam mensalmente. Todas as pessoas sabiam exatamente como desempenhar cada cargo público, porque todos os cargos eram debatidos em Assembléia. Generais e funcionários públicos não podiam entrar em guerra, aumentar impostos, alterar ou gastar o dinheiro público sem o prévio consentimento da Assembléia. Por volta do século V a.C., todos os cidadãos de cidades-estados como Atenas tomavam parte do governo. Isto se assemelha a uma moderna democracia. Mas os nossos Estados de hoje tornaram-se tão grandes que elegemos representantes para debaterem e votarem por nós. Os atenienses não se limitavam a decidir como governar o seu Estado. Tinham participação efetiva. Todos os anos, cerca de uma quinta parte dos quarenta mil cidadãos homens adultos de Atenas era convocada para exercer as funções de juízes, funcionários públicos e membros do conselho. Cada indivíduo exercia o seu cargo por um ano. Assim, um homem podia ser general num ano e simples soldado no ano seguinte.

Sifnos (1)

 

Parte das ilhas cíclades, Sifnos é perfeita para quem busca dias de sossego. Com um equilíbrio perfeito entre belas praias, pouca vida noturna, turismo de baixo impacto, o local ainda é conhecido pela sua gastronomia saborosíssima, tanto que ela é chamada de a “ilha dos sabores”. Além das praias com o mar cristalino, pomares de azeitona, videiras, amendoeiras, campos com flores e ervas aromáticas se escondem pelas encostas paralelas à montanha central.

Com um conjunto de três vilas com as tradicionais construções brancas, suacapital Apolônia foi construída no formato de um anfiteatro sobre três colinas no centro da ilha. As charmosas e estreitas ruas são recheadas de bons hotéis e restaurantes melhores ainda. Em qualquer lugar que se entre para comer – desde o boteco mais simples até o restaurante mais requintado –  é possível experimentar a deliciosa culinária local como o Mastélo, cordeiro cozinhado em vinho tinto e especiarias; a Amigdalotá, pequenos doces feitos de amêndoa esmagada, água de rosas e açúcar; ou a simples torta de mel.

A alguns quilômetros de Apolônia está o antigo vilarejo de Artemónas, famoso por suas mansões neoclássicas e uma visão panorâmica da ilha de tirar o fôlego. Lá, o clima familiar acolhe os turistas, que são recebidos em todos os restaurantes com cookies fresquinhos e donuts quentes.

Do outro lado fica Kástro, habitada há milhares de anos. Seu nome, que significa Castelo, não é à toa, já que a vila foi construída sobre as ruínas da antiga Sifnos. Para entrar no vilarejo, por sinal, os visitantes passam por baixo das antigas entradas em forma de arco do castelo, usadas na antiguidade como torres de guerra para proteger o assentamento. Lá fica ainda o Museu Arqueológico e a pitoresca igrejinha chamada Eftamártyros, ou Igreja dos Sete Mártires, empoleirada em uma rocha que parece sair do mar. Igrejas em Sifnos, por sinal, são o que mais têm, em um total de 227. No centro da ilha ainda há o Mosteiro Moni Profiti Ilia, construído na Idade Média e que permanece até hoje com uma aparência de fortaleza.

Sifnos (3)

Durante o período arcaico, por volta do século 8 a.C., Sifnos era conhecida por suas minas de ouro e prata e como um centro de produção de cerâmica grega. Por volta do século 5 a.C., todos os recursos se esgotaram, mas a cerâmica permanece até hoje e a arte pode ser encontrada em utensílios domésticos e objetos de decoração por toda a ilha.

O único problema de Sifnos é que para chegar lá precisa de planejamento, já que a ilha praticamente fecha de outubro até a Páscoa. Depois, ela se torna destino de casais e famílias que buscam relaxar sob o sol e o mar Mediterrâneo.

Sifnos (4)

Fonte: WebNautico e divulgações na internet.

(Visited 15 times, 1 visits today)

About The ReiNasc

Related Posts

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Comment


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

btt