o único momento real...

Os 10 impostos mais ridículos do mundo

By Raymond

Postado em | Tags : , , , , , , ,

A história nos ensinou que é possível taxar quase tudo o que há ou que vá a ser feito

Embora nem sempre trazendo resultados positivos na forma de receita. Afinal, como disse Benjamin Franklin: Só há duas coisas inevitáveis na vida; a morte e os impostos (já no Brasil; alguém completou: então aumente todos!).

Trazemos aqui, uma lista com alguns dos impostos mais absurdos, ridículos e “sem noção” encontrados em alguns países atualmente.

1 – Bélgica: Imposto sobre fazer churrasco

10 impostos mais ridículos (1)

Em 2007, o governo local da Valônia, que é o lar de cerca de 3,5 milhões de pessoas, decidiu tributar o cozimento na grelha, para combater o aquecimento global. Acredita-se que o cozimento na grelha emita de 50 a 100 gramas de gases de efeito estufa. Com a lei, antes de se acender o churrasco no quintal, o cidadão deve pagar uma taxa de 20 euros. E você, provavelmente deve ter se perguntado se alguém fiscaliza as churrasqueiras, certo? No entanto, as autoridades levam o caso tão a sério, que chegam a utilizar helicópteros equipados com câmeras de imagem térmica e detecção de calor. Imagine cobrar esse tipo de imposto no Brasil, terra do churrasco de fim de semana…

2 – Estônia: Imposto sobre “gases digestivos”

10 impostos mais ridículos (2)

Este é definitivamente um dos impostos mais absurdos, dos quais você nunca ouviu falar. Em 2008, o Governo da Estônia decidiu introduzir um novo imposto para os criadores de vacas. Segundo as autoridades, esses animais emitem uma grande quantidade destes fortes gases, poluindo ar. O que mais chama a atenção, é que este imposto não é aplicado a criadores de outros animais, que também desempenham uma “contribuição significativa” na emissões de gases com efeito de estufa.

3 – Grécia: Imposto sobre piscinas

10 impostos mais ridículos (3)

Na Grécia, uma piscina no quintal de uma casa privada é considerado um luxo. Por isso, cada proprietário de casa com piscina é obrigado a pagar uma taxa de cerca de 800 euros por ano. Muitos moradores de Atenas, tentam driblar o imposto, cobrindo suas piscinas com lona verde, que imita grama.

4 – Áustria: Imposto sobre gesso

10 impostos mais ridículos (4)

Alpes austríacos – Todos os anos, cerca de 150 mil esquiadores chegam aos hospitais austríacos com fraturas e outros ferimentos causados por quedas. Por esta razão, as autoridades decidiram introduzir uma taxa chamada de Imposto Gesso de Turismo, que é recolhido pelos proprietários de hotéis e resorts.

5 – Ilhas Baleares: Imposto sobre o sol

10 impostos mais ridículos (5)

Todos os turistas que visitam Mallorca, Menorca e outras Ilhas Baleares, na Espanha, são obrigados a pagar um imposto sobre o sol. A taxa é baixa, apenas 1 euro por dia. O dinheiro é gasto com as autoridades locais, na melhoraria da infra-estrutura turística. Tome nota: em 2012, as ilhas receberam mais de 10 milhões de turistas, tornando a receita deste imposto, uma boa fonte de renda do orçamento local.

6 – China: Imposto sobre Hashis

10 impostos mais ridículos (6)

Todos os anos, na China, são utilizados cerca de 45 milhões de pauzinhos descartáveis, os hashis, consumindo 25 milhões de árvores em sua produção. Por esta razão, as autoridades decidiram criar um imposto especial de 5 por cento na compra de hashis descartáveis de bambu. O imposto é uma forma de incentivar o uso de hashis reutilizáveis, de plástico. Mas infelizmente, os chineses levam mais em conta a tradição, que o custo.

7 – Veneza: Imposto sobre a sombra

10 impostos mais ridículos (7)

Em 1993, o governo de Veneza decidiu tributar proprietários de restaurantes e lojistas, ou outras propriedades que gerem uma sombra sobre terrenos que pertencem à cidade (como calçadas). Após a criação do “imposto de sombra”, muitos proprietários desistiram do uso de dispositivos de sombreamento (tendas, toldos) das paredes de seus estabelecimentos e edifícios.

8 – Imposto sobre bruxos e adivinhos

10 impostos mais ridículos (8)

Em Bucareste, capital da Romênia, o governo determinou, em 2011, que as pessoas que se dedicam à adivinhação ou bruxaria devem pagar um imposto de 16% das suas receitas. Em protesto, as pessoas que se dedicam à atividade reuniram-se em frente ao parlamento e ameaçaram lançar maldições e feitiços.

9 – EUA: Imposto sobre dar a descarga

10 impostos mais ridículos (9)

Desde 2005 que os cidadãos do estado de Maryland, EUA, pagam três dólares por cada descarga de água feita. O governo chegou ainda a cogitar uma taxa maior, mas não o fez por considerar injusto, já que é uma necessidade fisiológica.

10 – EUA: Imposto sobre tatuagens

10 impostos mais ridículos (10)

No estado americano do Arkansas, desde 2002 que quem quer fazer uma tatuagem tem que pagar uma taxa de 6% sobre o valor total. O valor é pago aos estúdios e repassado ao governo.

Leia Mais

Fonte: IdeaGrid.

(Visited 24 times, 1 visits today)

About The Raymond

Related Posts

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Comment


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

btt