o único momento real...

Vítima de estupro coletivo é insultada em letra de funk distribuído no Youtube

By Raymond

Postado em , | Tags : , , , , , , , , , , ,

A letra lista homens que a teriam violentado e faz referências geográficas ao Morro da Barão, onde aconteceu o crime

Até agora, três homens foram presos sob acusação de envolvimento no estupro

A menina de 16 anos vítima de estupro coletivo no Rio no último dia 21 é insultada em uma letra de funk que está sendo compartilhada na internet. A letra é impublicável. Lista homens que a teriam violentado e faz referências geográficas ao Morro da Barão, na zona oeste do Rio, onde aconteceu o crime, e suas cercanias: “o menor do bairro 13”, “o moleque da Menezes”, “o moleque da Assembleia”, “o menor da Baronesa”.

Adolescente deixa Hospital Souza Aguiar com a mãe: ‘"Só quero ir para casa’"

Adolescente deixa Hospital Souza Aguiar com a mãe: ‘”Só quero ir para casa’”

A música se chama “Não fala da (apelido da menina), a (apelido) fortalece” e tem como subtítulo “X. (o órgão sexual feminino) de túnel”. O vídeo, que já foi visualizado mais de 95 mil vezes no YouTube, entrou no ar na semana passada, após divulgação do estupro, também nas redes sociais. Na gravação, a jovem é manipulada por homens.

Usuários do YouTube elogiaram a música e postaram comentários jocosos, inclusive mulheres. Um trecho diz que a menina foi violada pela “tropa da Barão” (traficantes de droga da favela); noutro, “reclama”: “tanta mina pra falar, vocês quer (sic) falar da (apelido).” Noutro, a “defende”: “A (apelido) fortalece”, ou seja, se relaciona sexualmente com os bandidos.

Até agora, três homens foram presos sob acusação de envolvimento no estupro, investigado pela Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV). Outros três estão sendo procurados pela polícia. A jovem entrou no programa de proteção à testemunha e está em local secreto com os pais, a avó e o filho. Para a polícia, o afastamento dificulta as investigações.

PROIBIDO PARA MENORES, CONTEÚDO COM IDEOLOGIA E PALAVRAS DE BAIXO CALÃO
Vídeo do Youtube do funk
1º 2º não faz apologia, apenas divulga a nível informativo e não se responsabiliza pelo conteúdo.
*Redação: O 1º 2º não faz apologia, apenas divulga a nível informativo e não se responsabiliza pelo conteúdo de terceiros, e é contra e repudiamos terminantemente qualquer tipo de ato que degrade a dignidade humana, como funk deste tipo de categoria, contra esta forma de ideologia, apologia ao crime, que ignore os direitos e agrida a dignidade humana, somente divulgamos o vídeo como informativo a nossos leitores.

Leia Mais

Fonte: Correio e Youtube.

(Visited 13 times, 1 visits today)

About The Raymond

Related Posts

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Comment


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

btt