o único momento real...

Por que o fato de Bruna Linzmeyer ser lésbica incomoda tanto?

By Raymond

Postado em | Tags : , , , , , , , , , , , , ,

Moça bonita e jovem não pode ser lésbica? Vão cuidar da vida de vocês e deixam a garota em paz

Bruna Linzmeyer, de 23 anos, está vivendo uma história de amor com a cineasta Kity Féo, de 47 anos

A revelação de que a atriz Bruna Linzmeyer, de 23 anos, está vivendo uma história de amor com a cineasta Kity Féo, de 47 anos, gerou uma avalanche de ódio pra cima das duas, como contou a colunista Keila Jimenez. Internautas inundaram as redes sociais delas com comentários homofóbicos, o que se repetiu até com a nota de repercussão do caso no Faceboook do R7. Qual é o problema, afinal? O fato de Bruna ser uma garota linda e estar apaixonada por uma mulher, ainda mais mais velha do que ela? Por que isso incomoda tanto?

Sério, parece que as pessoas estão cada dia mais intolerantes uns com os outros. Não vou nem considerar o fato de que a vida é delas e podem fazer o que quiserem. Bruna é atriz, famosa, o que acaba despertando interesse sobre sua vida privada. Ainda assim, por qual razão o relacionamento dela gera tanto desconforto? Obviamente por isso mesmo.

Bruna é atriz, famosa, linda, e é como se o público se sentisse no direito de definir o que ela deve ou não fazer. E quando vem à tona a notícia de que essa garota é lésbica e se relaciona com uma mulher mais velha, as pessoas enlouquecem. Não admitem, agridem, se descabelam. Eu, sinceramente, vou ter de viver umas dez vidas para entender o motivo que leva alguém a se incomodar com o relacionamento dos outros, seja ele qual for.

Bruna Linzmeyer posa nua para revista que terá apenas 160 exemplares

Bruna Linzmeyer posa nua para revista que terá apenas 160 exemplares

Se você se importa com o que Bruna (ou qualquer outra pessoa) faz entre quatro paredes, quem precisa de tratamento é você. Curioso também que o mal estar se generaliza muito pelo romance ser com uma mulher mais velha. Se fosse uma mulher da idade dela muita gente iria gostar, pois lésbica é fetiche!  Pergunte a qualquer cara qual a tara predileta e ele lhe dirá que é transar com duas mulheres, desde, claro, sejam duas gostosas de filme pornô. Mas olhar para um amor como o de Bruna, arhg, oh, que nojo. Façam-me o favor! Bando de hipócritas.

E para quem esperneia, alegando que “agora querem enfiar goela abaixo da sociedade que é normal dois homens que se beijam, duas mulheres que se beijam, na frente das crianças, em parque de diversões, em praça pública, e fazem esses atos que não constam de bons modos”, só resta avisar que o mundo é de todos, héteros ou não. A praça é pública, querido, não sua.

Tem gente que  fala que não entende a homossexualidade, mas, ainda assim, pede respeito ao próximo. “Fico pensando o que uma mulher vê em outra mulher com tanto homem interessante por aí. Respeito. Devemos respeitar..Mas entender? Difícil…Cada um na sua..Se ela gosta..problema dela.”

É isso: problema dela. Como bem disse um internauta, “e daí que ela está namorando uma mulher mais velha? E daí se ela está namorando uma mulher? Povo sem noção, sem respeito, de cabeça e coração limitados. A mim pouco importa se ela está namorando homem ou mulher. Vai mudar em nada em minha vida. E que bom que ela está feliz, diferentemente das pessoas infelizes que fizeram comentários homofóbicos e desrespeitosos”. Deu para entender, ou quer que desenhe?

Fonte: Blog da DB.

(Visited 30 times, 1 visits today)

About The Raymond

Related Posts

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Comment


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

btt